quarta-feira, 24 de agosto de 2011

A poesia

“A poesia não tem limites” Me disseram.
Realmente, conheço uma que matou um cara e tinha o dom de atravessar paredes.
Outra, roubava corações das pessoas e os guardavam em potes na geladeira.
Mas a mais perversa, a que nunca media esforços de sua ilimitação, era a que na madrugada ocupavam as mentes de poetas com insônia, aqueles que inventa palavras, que são empenhados em expressar o amor, ou seus amores, aqueles que sonham, que choram e fazem rir e os afrontam com frases banais, limitando o poeta a escrever os mesmos versos repetidas vezes.
Todo poeta já foi vitima da poesia.

46 Diga lá::

Blog UaiMeu! disse...

Acredito que a poesia é um estado de espirito! E tem que ter sensibilidade para entender e ser entendido rs
Abraços e passa lá
http://uaimeu10.blogspot.com/

Aline Diedrich disse...

De fato! Todo poeta é vítima de poesias durante madrugadas!

Karla Hack dos Santos disse...

Com certeza sou vitima da versão mais perversa... E não reclamo, Amo!


Adorei!

;D

Alex disse...

rs, gostaria eu ser vitima da poesia, é tão bom ler e tão ruim não conseguir escrever.

Verônica Barboza disse...

Bravo!!!! Bravíssimo!! Também gostaria de ter a "sorte" de um dia ser vitima de poesia!

Adorei suas palavras!
Vou te seguir.. para voltar aqui mais tarde!

Abraços.

krika disse...

Gosto de ser esse tipo vítima!

Abraços
paz e bem

Dona Quixote disse...

Ahh essas perversas poesias...

Larissa disse...

Muito bom! :D
Todo poeta vicia em poesia,até porque é ótimo!

best fakes disse...

adoro poesias...parabéns pelo blog

Mulher Loba disse...

Sou hospedeira dessa tal poesia...kkk
Genial! adorei teu estilo, muito bom o blog!

paradigmas universal disse...

Me diz quem não é vitima das letras e seus significados.

César Marins de Ameida disse...

A poesia tem que ser vivida e atingir os sentimentos mais profundos...




www.maisinterrogacao.blogspot.com

Macaco Pipi disse...

nao deixe esse fogo apagar!

- juu ! disse...

todos nós somos vitimas das poesias =D
blog leegal *---*

www.mundodse.com disse...

A poesia realmente não tem limites, pois a poesia é capaz de despertar os mais diversificados sentimentos nas pessoas. As poesias são as palavras que vão diretamente ao coração.

Lucas Adonai disse...

Gostei!

JannA disse...

Perversidade essa q não me importo de ser vítima nessas madrugadas de insônia e quietude...
beijos beijos!
http://paradoxoali.blogspot.com/

Bruna Lorena disse...

Filipe amei esse. Ficou super como os outros ;)

Aline Diedrich disse...

Ahh Filipe, acho que ele ter sido eleito foi coisa do povo mesmo ehehehehee

Sandro Batista disse...

Rapaz, que poesia é essa? Nossa, que inspiração avassaladora que você teve... confesso que já li milhares de poesias, agora essa sua é simplesmente fantástica... Você com certeza foi vítima da mais cruel poesia! BRAVÍSSIMO!

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

lollyoliver disse...

Nossa, amei esse texto. Bem perfeito, do jeito que eu gosto.
http://lollyoliver.wordpress.com/

Bia Ferreira disse...

inspiradissimo com certeza você não foi vitima da poesia nesse texto..

boa prosa aqui!!!

mateuszanetti disse...

A poesia pode não ser tão fatal assim, fatais são os temas da poesia. O tédio, o amor, o medo e o tempo, estes sim são fatais. A poesia não causa a insônia, talvez seja exatamente o contrário, alguma insônia pode causar poesia.

Millena Blogueira disse...

Somos vítimas da poesia, mas muito não percebem.

Victor Lourenço disse...

A poesia causa um vício incurável para quem experimentar.

Micael araújo Andrade disse...

Escrevo bastante, nos meus poemas tento diferenciar um pouco, a maioria é banal demais, sempre a mesma coisa!
Mas alguns são excelentes!!!
Abração!!!

pobreshumanos disse...

Que maravilhoso , quem gosta de escrever se encaixou perfeitamente ! Adoro o seu blog e nao é a primeira vez que eu visito .
Sucesso pra vc ;*
Espero uma visita sua também ! http://www.umcontoemeio.blogspot.com/

equipeloveme disse...

Olá,
Adorei o seu blog e o conteúdo dele.
Tem post novo no nosso blog, dá uma passadinha lá? =)
Que você tenha uma excelente semana!
Beijão

http://www.thepastimeloveme.blogspot.com/

Felipe Dias Pereira disse...

muuito bom mesmo!
Deu até vontade de te seguir, e já o faço.

cheers,
http://diaahs.blogspot.com

Camila O. disse...

Que legal, curti.


A maioria do que escrevo eu rabisco tudo.

bia santos disse...

A poesia me abandonou, já faz muito tempo mesmo...

Talvez algum dia ela volte para me fazer in-feliz novamente...

§Anjo§ disse...

Olá Filipe... Tem selo especial pra vc lá no meu cantinho, passa lá pra pegar!
Beijinhos, bye Carinhosamente
Anita do diarios-do-anjo.blogspot.com

Amanda Laryssa disse...

Não sou poeta mas já fui vitima, principalmente na noite. Meus melhores textos foram escritos na madrugada. A madrugada nos trás os pensamentos mais dolorosos. É o momento onde não tem amigo ou trabalho que nos ocupe. O momento onde todos os sentimentos desaba. E nos, meros mortais, somos tentados à poesia.

Gostei do texto.
http://saiidademergencia.blogspot.com/

Diogo Dias disse...

Realmente.

Misunderstood disse...

Realmente, todo poeta já foi vítima da poesia e da sua própria poesia...

Muito bom texto...Parabéns

Pat disse...

Uau...Amei!Como vc escreve bem...

André Miranda disse...

Aqui mais uma vitima da poesia.Adorei seus escritos!

Um grande abraço.

http://escritosimorais.blogspot.com

lollyoliver disse...

Amei muito. Você escreve muito bem, me encantou... E concordo que todo poeta já foi um dia vitima de uma poesia e as vezes até de sua própria.
http://lollyoliver.wordpress.com/

Rock in Culture disse...

Vc escreve muito bem confesso que não entendo praticamente nada o meu espirito não é bom para a poesia desculpe

paradigmas universal disse...

Os pensamentos são vícios e se tornam drogas quando não os escrevemos...

Arash Gitzcam disse...

a poesia é um perigo... e um deleite...

Karla Hack dos Santos disse...

A poesia é além das razões...
Encanto e Desalinho!

;D

drika andrade disse...

Sou uma viciada em literatura, adorei, to seguindo!

Kiko Lemos disse...

O poeta torna-se vitíma da poesia a partir do momento em que já não consegue transpor suas ideias, passa a querer vinvenciar a fundo em seu pequeno universo particular.

pris disse...

tem aql frase clássica q diz q "cartas de amor, são ridiculas, nao seriam cartas de amor se não fossem ridiculas" Fato! Eu ja fui vitima das minhas palavras escritas rsrsrs...mas essa é a função da poesia, desconstruir, mexer e remexer :)
O q seria a vida sem poesia e música?
Um tédio sem remédio.

João Batista de Lacerda disse...

Já que estamos falando de poesias, aqui apresento a mensagem de número 180 do meu site:

http://www.oconsoladordejesuscristo.com/

A LEI DE DEUS E O EXEMPLO DA ABELHA.

Só existe uma lei no mundo, que é Justa e Perfeita.
Que trata todos iguais: Ela está na natureza.
A Lei que Deus criou, de Infinita Grandeza.
Só usaram até hoje, os que tiveram consciência.

Veja o exemplo das abelhas, que pela Lei de Deus se guiam...
Só têm dado bom exemplo, e o mais puro alimento fabricam.
Cada uma no seu espaço, não sentem ódio, nem brigam.
Todas cumprem seus deveres, vivem em perfeita harmonia.
Trabalham todas iguais, não tem nenhuma vadia.

Uma não rouba da outra; não dizem mentira.
São sinceras e verdadeiras, em todos os momentos da vida.
A Lei é uma só: Todos respeitam a Rainha.
Se tratam todas iguais, uma o direito da outra não tira.

Não tem maldade e ódio, nem mentirosos e ladrões.
Respeitam umas às outras, tratam-se como irmãos.
Não tem nenhum legislador, só a lei da criação.
Não tem governos corruptos, ninguém comete traição.
Fazem tudo perfeito, ninguém dá opinião.

Não tem nenhum tipo de vício, e nem prostituição.
Cada uma no seu espaço, vai cumprindo a Missão.
Não mentem fazendo discursos, para enganar seus irmãos.
O trabalho honesto e limpo, é a sua única oração.
Que pode servir para o homem, como uma grande lição.

Nunca estudaram nos livros, nada aprenderam com ninguém.
Todo sentimento e instinto, do Criador é que vem.
São honestas em tudo, no mundo só fazem o bem.
jamais cometeram erros; sempre puras se mantém.

Não se unem em congregações, para explorar seus irmãos.
Todas se tratam iguais, nunca mancham suas mãos.
Uma sempre ama a outra, se unem e dão proteção.
Todas têm direitos iguais, vivem em perfeita união.

Cada uma assume seu posto, sem precisar nomeação.
Quando são adultas já sabem, quais as suas obrigações.
Todas cumprem seus deveres, cada uma na missão.
Passam de pais para filhos, de geração em geração.

Não se maculam, são puras como Deus criou.
Continuam sempre perfeitas, como a Lei de Deus mandou.
Nunca erraram na vida, ninguém nunca as mudou.
Pelas leis dos homens, nenhuma se orientou.

Não fazem mal a ninguém, se defendem quando atacadas.
Fazem respeitar seus espaços, não deixam ser maculadas.
Todas se respeitam, não fazem coisas erradas.
Por maldades e mentiras, não deixam ser levadas.

Não inventam para destruir, nunca fazem malvadezas.
Nascem e morrem trabalhando, não se vê impurezas.
Lutam todas pela vida; não se vê pobreza.
Flores e tudo que precisam, encontram na natureza.

São pequenas no tamanho, mas gigantes em Grandezas.
Dão lições para o homem, de dignidade e nobreza.
Para todos que não têm Amor, e destroem a natureza.
Para aqueles que espiritualmente, sempre vivem na pobreza.

Postar um comentário