quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Marcha


Escrevi um poema sem a esperança que fosse poesia.
Li em voz alta. Vieram todas aquelas palmas sem sentido. 
O que é preciso não são as palmas
e sim o desgosto e o estranhamento.
É preciso o ódio e a vontade de mais.

É preciso aprender a chorar
Ter coragem quando chorar,
é preciso que seja forte,
que arda os olhos,
que sangre se for preciso,
mas que seja único por cada motivo.
Não chore duas vezes pela mesma coisa,
dor dobrada é bobagem.

31 Diga lá::

Viver Bem disse...

Lindo é preciso ter coragem e demostrar o sentimentos,mas em um momento único.

http://paula-c-vieira.blogspot.com

Angélica Albuquerque disse...

Você escreve com a alma, isso faz um poeta!

http://versusmeus.blogspot.com

Lucas Adonai disse...

Muito bom!

Kelen disse...

Ter coragem é preciso...
como diria João Cabral de Melo neto, em seu poema "catar feijão", na obra "A educação pela pedra", esta pedra é necessária como ponto de reflexão... Afinal, através do incomodo, temos enfim a possibilidade de nos atentarmos para o cerne em si.
Nos atinge aquilo que proporcionalmente nos instiga... Poema não significa lirísmo demasiadamente camuflado em versos brancos musicados, mas pode ter sua substância uma ponta que liga à acidez lírica...
Parabéns pelo blog e pela poesia...
conto com seu comentário em minha postagem...
abraços
KGini
http://www.umcontoemeio.blogspot.com/

Kelen disse...

desculpe... Errei meu Blog...rsrs
É este abaixo:
http://insanidadesanitaria.blogspot.com/
KGini

Hysteria Project disse...

"Não chore duas vezes pela mesma coisa,
dor dobrada é bobagem."

Além de um ótimo poema, essa ultima frase é aquelas q se leva pra vida toda =D

Curti o/

Samira Machado disse...

Vai ser pelo http://beta.sorteie.me/ (:

http://thebookofmydreams.blogspot.com/

Dinha Cavalcante. disse...

Adorei essa ultima parte, dor dobrada é bobagem. Lindo poema :D
http://www.dinhacavalcante.com/

Aline Diedrich disse...

"dor dobrada é bobagem". Verdade. Enquanto isso, muita coisa boa acontece lá fora.

MARCO disse...

concordo com a parte final do poema, se uma coisa não deu certo uma vez, não precisa insistir no mesmo erro

http://rocknrollpost.blogspot.com/

Vinícius Félix Pacheco disse...

amigo vc e show
passa no meu blog la dexa comentario to te seguindo

www.cuchila.blogspot.com

Vinícius Félix Pacheco disse...

vou postar seu banner aki amigo posta o meu?
um abraço

LLaranjaS disse...

Muito bom, afinal de contas viver chorando por coisas que já passaram, não nos leva a nada.

Bruno Coriolano disse...

gostei da poesia.

www.portaldalinguainglesa.blogspot.com

Samira Machado disse...

Lindo o texto!


http://thebookofmydreams.blogspot.com/

Junior Fernandes disse...

muito bom a poesia, geralmente sempre lembram de bater palmas, mas nunca de discutir o que foi dito.

http://equilibrionecessario.blogspot.com/

Lucas Adonai disse...

Gostei, achei bem interessante!

Brian Harold Gale disse...

Um poema simples (que na intenção não é poesia) que diz mto! É preciso muita coisa...
Vc tem razão!

www.visaodemundogm.blogspot.com

Zilda Mara Peixoto disse...

Olá,Filipe.Essa é minha primeira visita ao blog.Vi seu link em outro blog e resolvi vir conhecê-lo.Adorei seu blog e já estou lhe seguindo.Seu blog é muito bem organizado e suas postagens muito bem elaboradas.Seus textos são ótimos e você escreve brilhantemente!
Te convido a conhecer meu blog e segui-lo também.Aguardo sua visitinha!
Bjs!
Zilda Mara
http://www.cacholaliteraria.blogspot.com

Maíra Cintra disse...

Lindo! Parabéns, seu blog é muito bom!

BLoG do CHARQuE disse...

Belos versos... simples e diretos!

parabéns!


http://blogdocharque.com/

João Batista de Lacerda disse...

Marcha é ir para frente e esquecer o que não deu certo.

Arash Gitzcam disse...

há tb a chamada catarse que a maioria nem sabe q existe...

luizz disse...

Belo texto!
Parabéns

"Moisés, diga ao povo que marche"

Arash Gitzcam disse...

caramba, brother, já comentei em todos os posts da página... isso aí, poesia sempre, espero novos posts...

PapoBacana disse...

oii filipe..
lindo seu poema. alias como sempre né..
um grande abraço pra ti..

até mais..

Arathane disse...

gostei ...
do seu comentário no meu blog,
do seu blog ...

estou seguindo vc !!!
lindas palavras, lá e cá !!

me segue tb ?? rsrsrs
voltarei mais vezes, com certeza ;)

http://devaneiosdescalcos.blogspot.com/

Ana Caroline disse...

muito lindo seu poema, parabéns!

Mosaicos de uma vida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mosaicos de uma vida disse...

Nossa, eu choro várias vezes pelo mesmo motivo, basta que o mesmo continue sendo problema pra mim... e como costumo dizer "se tiver que chorar eu choro, mas se tiver que sorrir dou gargalhadas"

Letícia Peixoto disse...

Precisava desse poema! Tenho que parar de chorar várias vezes pela mesma coisa, "dor dobrada é bobagem".. Muito bom.

Postar um comentário