sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Mistérios, esquecimentos e punhaladas.

I - Mistérios

Há muito para se conhecer
e o conhecimento é tão limitado
e o limite tão finito
e o finito não valorizado
e o valor menos amado
e o Amor...
Bem, o Amor anda meio sem rima...

II- Esquecimentos

Conheci minha memória, em um sonho,
Tão intimamente que não sei se devo confiar nela.
A moeda tem cara?
A coroa ainda está viva?
As cores, as frases, o desejo, o reflexo, a eternidade,
deixam o coração confuso.
A incerteza se esse bater acelerado
é por que me lembrei de você ou se te esqueci.

III- Punhaladas

O Tempo tem a mania de passar sem ser visto,
Vezes lento, vezes rápido, sempre invisível.
Cantando ora jazz, ora blues nos ouvidos
Que envelhecem repentinamente.
E de repente os olhos viram lagoa
E a mente, até onde a memória permite.
Vira ilha de nostalgia.

22 Diga lá::

Anderson disse...

Ora Ora Em
Enfi Tu tem talento
entre tantos blogs que divercio
enfim um que preenche um motivo para retornar e ser um visitante ativo.
abraços
Equipe do Life.

Samira Machado disse...

Muito bom o blog e o teu poema, parabéns!
Seguindo :)

http://thebookofmydreams.blogspot.com/

Leonardo Ribeiro disse...

Tu escreve bem pra caramba, meu texto num chega nem perto.
Abç
Léo

Anderson J. disse...

dos 3 o mais legal é o mistério, gostei do texto, muito bem estruturado!

segue? http://errosxacertos.blogspot.com/


sigo de volta, é só avisar por comentário!

BLoG do CHARQuE disse...

Nem li pq era muito grande....


Hauhaauhahuahuahua



Não só li como reli, parabéns escrita ágil e gostosa de ler! parabéns!

http://blogdocharque.com/

MARCO disse...

mais um poema bom e certeiro!

http://rocknrollpost.blogspot.com/

Blog UaiMeu! disse...

Seus pensamentos são bem oportunos para um domingo de manhã.
abraços

Andre Mansim disse...

Bons textos Filipe! Muito bem escritos e inspirados! O último do tmpo foi o que mais gostei, as vezes lento as vezes rápido demais.... Atualmente sempre rápido demais...


Um abraço!

Mosaicos de uma vida disse...

Não foi por acaso que o AMOR ficou como MISTÉRIO... é sobre o amor que trato no meu mais novo texto. Sintonia heim!?
Belo e sensível texto. Parabéns!

Sempre Bella disse...

Gosto muito de poemas...
Adorei seu blog, irei voltar mais vezes.

Ta ai um selinho pra você, pra mostrar que gostei mesmo...
http://images.orkut.com/orkut/photos/PQAAADCKpAUcnVKk7DJG4p6kd0dbzGEUV3GgToNXsgf5VUr8ullgChRb-gC5QGeSkWZfpR9JD26RVfL3G_LcFLfWN0YAm1T1UO6bX1hen_7B6UCqogx8Muo67AR-.jpg

E visite também meu blog, embora seja para meninas, mas dá uma passadinha lá pra dar uma nota pra o blog.
http://sb-semprebella.blogspot.com/
Obrigada.

Anderson disse...

Adorei mesmo
Poemas Lindos
Parabens Sucesso com seu blog
e coloca um plano de fundo
Equipe Lifetecno
Lifetecno2011.blogspot.com

Arash Gitzcam disse...

quando conhecimento e amor andam de mãos dadas um vulcão entra em erupção e prejudica o tráfego aéreo...

Caroline disse...

Escrever da forma que você escreve é um dom!
Parabéns!

Sr. Lunático disse...

gostei muito! :D

José L. disse...

Vivo em uma ilha da nostalgia.

Belo texto.

Abraço.

Lilly disse...

Muito bom esse teu blog! É bem pessoal e ao mesmo tempo... diferente! Gostei bastante, continue assim!

Obrigada pela visita no iampurplepineapple.blogspot.com!

Uma xícara de café da Lilly.

It'sM disse...

adorei o texto.

Hysteria Project disse...

"Vira ilha de nostalgia"
POde crer, estou passando por um momento assim ^^

www.mundodse.com disse...

Mais um otimo poema, a verdade é que vivemos nossa vida entre misterios e lembranças...

parabens amigo!

;D

Karla Hack dos Santos disse...

Me acho nas punhaladas...
sentindo o tempo voar, escapar...

Belos versos!

;D

Dinha Cavalcante. disse...

Você escreve tão bem, adorei esse texto. Gostei principalmente dos mistérios.
http://www.dinhacavalcante.com/

Taís disse...

Lindo
Adorei o mistério, é muito lindo o jeito com que você encaixa as palavras, é bem verdadeiro.
=)

Postar um comentário