quarta-feira, 29 de junho de 2011

Três poeminhas para depois do fim de uma canção

I

Quando for escrever uma poesia, pense num jardim.
Descreva as plantas e flores, a terra, o sol.
Plante morangos, laranjas, uvas, diamantes, coração.
Descreva com cuidado todo o processo.
Faça uma salada, devore, não esqueça o coração.
Não deixe nada, aproveite o sabor.
Logo passa. Logo ignora. Logo esquece.
Agora, não se desespere.
Des-escreva tudo.
Mas não apague.
II
Estou com vontade de:
Pegar um tijolo,
Quebrar um espelho,
Dividir uma poesia em duas partes:
Amor e raiva, não ódio.
De vontade em vontade,
Prefiro mandar tudo
Para à casa do caralho.

III

Com toda a calma do mundo, 
lá fora passou o passarinho
para ele nada passou.
dei lhe uma tijolada.
Acertei o espelho,
agora virou labirinto, sete partes, sete anos.

34 Diga lá::

Danilo Caruba disse...

Rsrs... Uma forma bem engraçada. E de ironizar poemas. De uma certa forma todos seguem um padrão, aqui foi mostrado!

Jovens Metropolitanos disse...

Nossa, auhauhuah ... esse II foi irado. uahauhahuau está adotado por mim, é isso aeee.




Blog Jovens Metropolitanos
www.jovensmetropolitanos.com.br

Bruna Lorena disse...

Tadinho do passarinho hausehae.
AMEIIII, ainda chego nesse nível em ;)

Mauricio disse...

já passei por aqui antes.
blog muito bom, recomendo!

Renan Farias disse...

Bastante interessante!

http://gremioracudo.blogspot.com/
http://chrisnaopodeacabar.blogspot.com/

Rubi disse...

Quando comecei a ler, imaginei um desfecho completamente diferente, relacionado com amor e final feliz. Adoro tuas poesias, elas me impressionam!

Lili Vidal =] disse...

Putz mto bom!
bem curioso seus poemas!
bjs

Aristides de Albuquerque disse...

Bom d +

sem censura nenhuma


"De vontade em vontade,
Prefiro mandar tudo
Para à casa do caralho."

Fikou bom pra caralho pow
abraço

Badinhoo disse...

Vc naum comentou no meu blog!
Seu caloteiro!

http://blogfunfashion.blogspot.com

FabricioCardoso disse...

gostei do ultimo e do segundo!

Fonte Viva disse...

Grande talento meu amigo!

Gostei do poeminha I.

http://fonte-viva.blogspot.com/

Abraços!

Jacqueline Alezandra disse...

Agradeço pelo seu comentario no meu ultimo post "Irmãs de Alma" e estou seguindo-te, amei teu blog o/

http://onepassodecadavez.blogspot.com/

Vitor Mod disse...

putz você é o cara SHAUSAUHH parabéns ;D

Almir Ferreira disse...

o número 1 foi pra mim, eu preciso aprender a escrever poesia e tirar inspiraçao de algum lugar

grande abraço

Ravi Barros disse...

Uma maneira inovadora de poesia, tvárias partes que no todo são apenas uma...

Cícero Barbosa disse...

bem bacana heim

Rafael Araujo disse...

Bela Postagem
Bons poemas!!!
Retribuindo a visita
http://baixarelando.blogspot.com
Parabéns pelo Blog! Sucesso!!!

Drikasanttos disse...

Bem interessante, jogadas de palavras, curioso
e confuso ao mesmo tempo...Legal!


Retribui?
http://cantinhodrikasanttos.blogspot.com/

Hélvio Caldeira disse...

Você escreve muito bem. Parabéns!

Karla Hack dos Santos disse...

Estou me sentindo como a 2 poesia...
Acho que devo parar e respirar... Usar desta dualidade de forma criativa, neh?!

;D

Victor Von Serran disse...

Essa poesia livre é tão descontraida e cativante !

seguindo !

Elisabete Lira disse...

Seu blog é muito interessante...
Estou te seguindo.... Tenha um Lindo Dia!
Siga meus Blogs: http://cartasdeumcoracao.blogspot.com/
E http://deusemminhaalma.blogspot.com/

bia santos disse...

Às vezes também tenho vontade de mandar tudo para a casa do caralho...

Hoje é um dia desses...

"Amor e raiva, não ódio" gostei mais dessa parte...

Wagner Noya disse...

Muito legal seu blog uau adorei =)


visite
http://wagnermp3.blogspot.com/

§Anjo§ disse...

Filipe, saudadesssssssssss... Obrigado pelo elogio aos meus rabiscos rsrsrs
Vc como sempre, escrevendo super bem. Adoro seus poemas, seus textos. Sorri ao ler o II, ando meio assim, com vontade de mandar tudo pra casa do ...
rsrsrsrsr
Beijinhos pra ti, bye
Anita do diarios-do-anjo.blogspot.com

Zoeiras.com disse...

opa!eu der voltaaaaaaaa!!!foi emboraaaaaaaa!!!

Luan dos Santos disse...

Tai, to começando a gostar de poesia!

São massa cara, mto mesmo!

Millena disse...

Gosto de poesia assim, não sou muito lírica.
E sempre me bate aquela vontade de dizer: volta para a puta que pariu!!

Wilson de Souza disse...

Não achei blog mais doce que esse por isso estou passando para dizer que tem um selo para você no

http://papodeumgaroto.blogspot.com

Pega lá...

Belo trabalho...

Urbano disse...

Algo deve fazer sentido em algum universo paralelo. No que conheço...

Arash Gitzcam disse...

O que passa pra um não passa pra outro...

Viccitor disse...

Achei fraco, comparado ao último poema postado. Abraços.

Karla Hack dos Santos disse...

O último trecho me fez pensar em algo que escrevi na época de colégio... tinha haver com setes, mas destinos e não anos de azar.

A professora não entendeu nada.. hehehe

;D

lollyoliver disse...

Nossa, grande talento, e criatividade, gostei!
http://lollyoliver.wordpress.com/

Postar um comentário