domingo, 13 de janeiro de 2013

NadaRandar

Sub-versivo é poema de baixo d'água.
Poesia que vem do Mar.
Poema de Poseidon.

é o mito da Mulher:
Serias com penas.
Que andam livremente.
Há peixe que não crê.
Poseidon diz que viu.

é a dança que sonha com a superfície .

Em terra é Poema de Brecht. 
Tubarões martelo (operários)
("e se fossem homens?")
É filme de Spielberg
É música: tam tam tam tam tam tam.

Em terra temos nossos mitos:
Mulher com parte peixe.
Que nadam livremente.
há quem não crê.
marinheiro diz que viu.

é a dança que sonha com o fundo.

7 Diga lá::

blogger disse...

Esses marinheiros que acreditam em sereia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, muito bom o post.

Anônimo disse...

o poeta nao precisa falar a verdade

Yuh A. disse...

Pra te falar a verdade, eu acho que apenas um governo totalitário resolveria o Brasil. Lobistas não vão deixar de mamar nas tetas do governo, pobres não vão deixar de receber auxílios e candidatos não querem ficar conhecidos como pessoas que afundaram o Brasil com reformas radicais (que aliás, eles não são capazes de realizar sozinhos), com democracia, nada vai mudar. Somente um governo totalitário de no mínimo 30 anos com pessoas de visão resolveria isso, reeducando gradualmente o povo, reescrevendo nossas regras de mercado e nos levando cada vez mais próximo a liberdade econômica.

Victor Lourenço disse...

"A novidade veio dar à praia, na qualidade rara de sereia. Metade busto de uma deusa maia, metade um grande rabo de baleia".

Marilia Tasso disse...

Curti essa parte:
Em terra é Poema de Brecht.
Tubarões martelo (operários)
("e se fossem homens?")
É filme de Spielberg
É música: tam tam tam tam tam tam.
Parabéns, é genial!

Állef Diego disse...

Nossa seus poemas são muito bons, adoro vir aqui e ficar lendo horas e horas.
Está de parabéns :D

Antenado disse...

Deveras impressionante!

Postar um comentário